5 de abril de 2019

faltar (a)o Sonho




(tirada do 'meu' Guia de Planeamento Pessoal e Astrológico, publicado há sete anos)

a frase de Fernando Pessoa que sintetiza a nossa Vida por estes tempos:


"Alguns têm na vida um grande sonho e faltam a esse sonho.


Outros não têm na vida sonho nenhum, e faltam a esse também."



... Certifica-te de que permites e até cooperas, se fores capaz, por estes dias da tua vida, com a remoção inevitável dos véus de ignorância, resistência, cobardia, preguiça, irra_sponsabilidade, prepotência, dor ou medo que te impedem de reconhecer O TEU SONHO

(melhor dito, a tua Verdade Autêntica, o teu Autêntico Self - a tua Liberdade, a tua Alegria, a tua Dignidade, a tua Leveza, a tua Humanidade, o teu direito inalienável de viveres a Tua Vida - a Tua! - nos teus próprios termos, sobre os teus próprios pés - sem dependências nem encostos -
e se ainda não acordaste para a Vida, vais acordar nem que seja à estalada e em choque: permanece tranquil@ - mas ocupa-te de Tudo o que Já Sabes; OCUPA-TE!
... não é para te pre_ocupares, é só mesmo para te OCUPARES, e de Ti)


Sabes, Self-Service não tem que ser uma bomba da galp, oh sua shell: pode ser um Compromisso de Alma e com a Vida. Com a própria Vida. E com todos aqueles que se disponibilizaram e conspiraram para ta Oferecer.

(aceita-a, e lida com o que te impede de a aceitar tal como te chegou: porque a Vida, tal como te chegou - e chega a cada momento, a cada novo momento, é o necessário e o suficiente - não para "aí" ficares, mas para daí

Partires, Re_Unires (Amares)

e Avançares.
(e onde não - te - puderes Amar não te demores, como dizia a Frida, e essa nunca se Kahlo)
...


- cuida das pobres vítimas, coitadinhas, em Ti;

cuida dos agressores, os cab*ões, em Ti;
cuida das Crianças, pobres, em Ti;
cuida de destronares os déspotas, os assustados controladores, em Ti;
cuida do Universo Inteiro que és - e já estás a fazer mais do que a maioria da humanidade inconsciente e vítima (lá está!) da sua própria ignorância


- e cuida dos 'outros', se puderes e no que te cabe (faz de conta, pronto, que há 'outros') -


Cuida de Ti, por_Tanto,


faz-te um Self-Service: Serviço ao ("teu") Self


e descobrirás que o Self é Uno, é Universal, é Inclusivo, e que não existe diferença nenhuma essencial entre Ti, os Planetas, a Terra, o Espírito, o Pai, a Mãe, a Criança, e o Coração.

(o "teu" e o dos "outros")


... e se vais deixar-te dormir a viver um sonho, que seja um sonho lúcido,


Um sonho com a intenção de Despertar,


com a Intenção de que se te abram os olhos


(e se te rompa a couraça do julgamento, e da tua necessidade de estar "certo" nos partidos - fragmentos - por que optaste, e escolheste,
e por muita dôr - muito Trabalho, do que vale a pena - que te custe).


Afinal tens um Sonho, e o Sonho és Tu, Grande Espírito,


Não faltes a esse.


Senão vais começar a ir-te embora,


Desistindo


Abandonando-te a Ti mesmo e com a Fantasia Infantil de que se sofreres o suficiente,


'alguém' te virá salvar.

(já reparaste certamente, à tua volta, que uns estão a despertar, movidos pela Necessidade Profunda e movidos pelo Amor - de Deus ou de Si Próprios -, e outros (muitos outros) começam a regressar lentamente ao Sono Primordial, i.e., a deixar-se "morrer"?

... e Tu?, queres Viver ou não te importas

(de morrer)

?

Se queres Viver (mas apenas se Queres, mesmo):


Acorda, Irmã/o,


E vê lá se (te) Sonhas como 'deve_s Ser'
... e se fazes alguma coisa, literal_mente,

por ti abaixo *

É Isto

o "segredo" mais bem  guardado, e à vista de toda a gente,

d'Estes Tempos *


... não podes continuar a viver disfarçado, (nem) em Fuga de Ti Próprio.

e "Tu" não é, necessariamente, nada - ou quase nada - do que "foste" (ou aprendeste a "ser") até Agora.

Por Ti, já disse o que tinha a dizer.

Agora cumpre-te a Ti

Fazer,

e Fazeres Aconteceres-te.

afinal,


"se fazes És, se não fazes Serias"   (Agostinho da Silva)
 

1 comentário:

DharmaL disse...

Está tão forte, estão tão urge n cia....obrigada peloa lembrança, pelo apertão de Consciência extra ;)))