29 de novembro de 2017

29 de Novembro de 2017 - campanha Aramara


o Sol ergueu-se hoje no horizonte - Sagitário a ascender - com o seu regente Júpiter a entrar na Casa XI dos grupos e causas, no signo de Escorpião e em trígono com Neptuno em Peixes na Casa III - a Casa da comunicação e da mente -, a reger a Casa IV das fundações emocionais, do lar, da família e dos poços de água (especialmente com um Signo de Água na cúspide).

É um momento de ideais aquáticos :-)

por isso escolhi o momento - ou escolheu deus, sei lá - para reforçar a divulgação da campanha que criei para ajudar a charity: water a levar água limpa a mais pessoas no mundo. Ontem iniciei a campanha, mas não tive tempo de a traduzir para português e agora já o fiz, para não excluir ninguém (além do mais, Sagitário é o signo das línguas estrangeiras ;-) )


a campanha que criei associando-me à charity: water tem como objectivo levar água limpa a mais 333 pessoas até ao final do ano, o que implica angariar 10,000 dólares até 31 de Dezembro.

não seria genial chegarmos ao final do ano sabendo que pelo nosso contributo mais algumas pessoas passarão menos sede, e perderão menos tempo das suas vidas à procura de água para as suas famílias, e que as mulheres e as meninas, que em tantas partes do mundo passam os dias a transportar água, podem dedicar-se a outras coisas se existirem poços de água nas suas aldeias - cuidarem dos seus e irem à escola, por exemplo, se não tiverem de perder os dias à procura de água?

veja o vídeo "why water?", aqui:
https://vimeo.com/140235935

e a história da "charity: water" aqui:
https://vimeo.com/180467014

e finalmente,

contribua para a campanha que criei, aqui:
https://my.charitywater.org/uno-michaels/aramara

... também pode contribuir divulgando aos seus amigos e contactos,

pedindo uma contribuição para esta causa como prenda de Natal,

criando a sua própria campanha,

ou no mínimo

pensando nisto da próxima vez que puxar o autoclismo na sua casa,enquanto a água limpa escorre pela retrete,

abençoando a água que acabou de utilizar e gastar

e nas pessoas a quem poderia ter morto a sede,

poupado um dia de trabalho,

levado à escola,

ou salvo a vida.

- não é para sentir culpa por ter acesso a água limpa e com fartura, para lavar os dentes tomar banho lavar o carro e tê-la à disposição, livre e abundantemente, sempre que se abre a torneira:

é para assumir a responsabilidade pessoal e colectiva de que, no que dependa de nós, mais pessoas possam também ter acesso a água limpa.

e para nos lembrarmos que pelo sistema agro-pecuário moderno, de acordo com os dados (conservadores, i.e., em baixa) divulgados pelo life-changing documentário "Cowspiracy", são necessários 9,500 litros de água para produzir meio quilo de carne.

é isso mesmo: 9 mil e quinhentos litros de água para produzir pouco mais do que um hamburguer - dos grandes, vá.

- talvez isto ajude a pôr as coisas em perspectiva (black fridays incluídas: quero dizer, quanto dinheiro se gasta para poupar uns tostões? - e quantas pessoas se atropelam, directa ou indirectamente, de caminho?)

se és dos que (ainda) come animais e alimenta a indústria do sofrimento,

quando comeres um hamburguer

pelo menos lembra-te que gastaste 9,500 litros de água

e ainda antes

de teres puxado o autoclismo.

não é para sentires culpa, que isso não serve de nada:

é para reconheceres a responsabilidade que tens no mundo, o poder que tens no mundo,

e te ires preparando para os próximos anos,

com Saturno a entrar em Capricórnio e ao encontro de Plutão lá para 2020.

por isso vai fazendo o que puderes,

e vai-te despindo, perdão, despojando de supérfluos nocivos,

e contribuindo como puderes para um mundo novo,

porque também és (exemplo) a seguir *

então pega lá no dinheiro do próximo hamburger

clica aqui https://my.charitywater.org/uno-michaels/aramara

e ajuda a matar a sede que ainda grassa no mundo *

obrigado.


Enviar um comentário