2 de julho de 2016

O Nódulo Norte: a (e)missão que te Anima

o símbolo astrológico do Nódulo Norte

 ... Olha para o Nódulo Norte no teu Mapa *

Eu sei - acredito, fantasio, tenho observado - que parece difícil, desnecessário, que já estás a honrá-lo e tudo e tudo  (não, na verdade talvez te pareça é improvável, ou melhor ainda, que right now não é viável, ou oportuno, e que estás à espera das circunstâncias adequadas - eu sei, falta só um golpe de asa)

Mas

Digo-te eu, que vejo como os dias te convidam, e te vão estar a empurrar,

Olha para ele and then: just do it!

No imediato, assim que o comeces (desta vez, novamente) vais respirar de alívio,

E depois

Ser surpreendid@

E depois

Toda a tua Vida vai começar a ganhar consistência


Sentido

Propósito

Alegria

E aquele entusiasmo debruado a nervoso miudinho

Que significa que estás a crescer para lá da tua zona de conforto *

Isso é que é sair da zona de conforto, mas  evidentemente, é de uma qualidade altamente específica e diferente para cada Um.

(eis o principal motivo para a estupidez de nos compararmos)

De modes que,

Olh a para ele 

And then do it!

Pode ser a solução que tens procurado para o que acreditas que são problemas que tens para resolver antes de poderes descansar.

Dou-te uma notícia.

Os problemas, todos eles, nascem da tua insistência, cobardia, ignorância ou desconhecimento de que tens um Nódulo Sul ao qual tens vivido encostado, para não dizer perigosamente próximo, e hipnotizado, como se fosse a condição para poderes finalmente - depois: que é como quem diz, nunca - dedicares-te àquilo que no mais profundo de ti a Alma te pede.

Nunca vai funcionar. Vais é esgotar-te no processo. E depois, quanto tempo e energia sobram para fazeres o que realmente importa?

O que funciona - pelo menos faz a experiência - é olhares para o teu Nódulo Norte (agora!)

And then do it!

... E porque nem toda a gente sabe do que estou a falar, procura, no teu Mapa, o símbolo dos headphones - basta descobrires em que Signo está: é um começo. Depois, à medida que escolhas aprender sobre esta ciência da Vida Cósmica, hás-de lhe acrescentar muita, muita informação e perspectiva. Na justa medida em que as ganhes, tu própri@, pelos teus próprios esforços, escolhas, e investimentos.

Mas há que começar por algum lado *

Encontra o Signo onde estão os headphones no teu Mapa. Quando os pões, aos headphones, começas a perceber a qualidade essencial de uma emissão chamada Alma. Que és tu no mais autêntico, no mais profundo, no mais recôndito, no menos comum, conveniente, e ruidoso da vida à tua volta.

Quando começas a ouvir a emissão o DJ - que és Tu na tua versão sábia, futura, e provavelmente madura - começa a tocar outras músicas, diferentes das que tens dançado sem nunca obteres satisfação autêntica, a propor-te desafios e tarefas, a falar-te de qualidades novas e outros tipos de experiências: e tu, se fores como os humanos, vais querer baixar o volume, interromper a emissão, adiá-la para outra altura. Já vimos que que parece difícil, desnecessário, que já estás a fazê-lo e tudo e tudo  (não, na verdade talvez te pareça é improvável, ou melhor ainda, que right now não é viável, ou oportuno, e que estás à espera das circunstâncias adequadas - eu sei, falta só um golpe de asa. Alguém desliga essa rádio?)

Mas uma vez que tenhas ouvido a emissão ser-te-á impossível fazer de conta e continuares a viver como se nunca a tivesses ouvido,

Porque assim como a água do mar sabe a sal,

Essa emissão tem o sabor da Verdade, da Alegria, da Autenticidade - tem o sabor do teu "verdadeiro" Eu. E a chave para te r conquistares, honrares, actualizares, e cuidares

Por muito arriscado, improvável, ou inoportuno que te pareça  - à tua mente viciada em fantasias e filmes de terror, digo. E aos teus hábitos profundamente enraizados. Queres saber o que é realmente o karma? Então continua a dar atenção a essa mente  e leva-a a sério. E o que quer que origines com essa decisão, que se traduz num grande conjunto de escolhas, não tem nada de criativo, de novo, nem livre.

A emissão é que sabe: e tu também sabes. Mesmo que te andes a enganar e a justificar perante ti própri@. Por isso, uma vez que a oiças, nunca mais vais poder fazer de conta que não sabes. Que não sabias. Que nunca tinhas ouvido tal semelhante. E no fundo, isto não é mais do que o risco de te ouvires a ti própri@.

Claro que é mais fácil se houver um desenho a legitimar o que mais desejas e dificilmente admites. Ou a confrontar-te com o desconforto da tua própria verdade. É difícil viver na mentira sem se sentir incomodado pela verdade. E é preciso um grande par de tomates para enfrentar a verdade sem fechar, reagir, rejeitar, sentir-se indignado, justificar-se,... E continuar a mentir a si próprio, pelo menos, até que as circunstâncias o permitam. E durante um tempo até permitem... Até se tornarem uma grande surpresa absolutamente previsível.

Mas de volta aos headphones.

Põe nisso a tua cabeça e, se possível, o Coração. E escuta.

And then... Do it!

E enquanto não te inteiras de mais, porque ampliar esta compreensão - e viver à sua altura, sempre em actualização, à medida que essa compreensão se amplia - é uma tarefa para a Vida,

Considera a palavra-chave que te ofereço em forma de verbo, de seguida, para cada um dos Signos do Nódulo Norte (o Nódulo Sul está necessariamente no signo complementar e oposto, se identificares um, identificas o outro: é evidente - se reconheces o veneno, tens a indicação clara do antídoto: o ingrediente que não tem nada de secreto, apenas de ignorado - e que pode transformar o veneno em remédio. Não queremos 'renegar' o Nódulo Sul, queremos apenas tomar do Nódulo Norte e o resto resolve-se por si só. É uma farmácia do Espírito e @ alquimista és Tu - pudera, o Espírito és tu, quem é que haveria de te fazer a alquimia? O terapeuta, o astrólogo, o guru, o consorte, o pai, a mãe, o filho? Tás com sorte: o espírito, santo *)

Nódulo Norte em:

Carneiro - não hesites: avança
Touro - não dramatizes: relaxa
Gémeos - não projectes: ouve
Caranguejo - não controles: cuida(-te)
Leão - não racionalizes: mostra-te
Virgem - não inventes: serve
Balança - não te esgotes: descansa
Escorpião - não resistas: enfrenta
Sagitário - não te disperses: segue viagem
Capricórnio - não dependas: faz tu
Aquário - não te indignes: observa
Peixes - não julgues: confia

Constatarás que alguns dos verbos são reflexivos. Mas todos merecem reflexão. E todos aludem ao tipo de veneno que te distrai.

É claro que isto não esgota nem pouco mais ou menos o assunto: como é que uma única palavra pode dar conta da existência?

Temos tanto para descobrir, ao longo da Vida, sobre o que é, para cada Um de nós, o nosso "verdadeiro" Norte...

Mas é um começo.

E seja como for, não interessa tanto que "lá" chegues,

Mas seria interessante - digo eu -

Que quando Deus te vier recolher de volta ao armazém da reciclagem,

Estejas pelo menos

A Caminho.

E que sejas apanhado, quando a hora chegar

A dançar a música

Da tua própria Alma *

... e virad@

para a direcção "certa".

PS: "anima" significa "alma". A emissão da Alma será, por_tanto, o que de mais valioso podes encontrar para te animar.


Todos os direitos reservados. Reprodução autorizada mediante identificação da fonte e autor.
Enviar um comentário