27 de outubro de 2015

Luaty Beirão, Lua Cheia de Touro-Escorpião, e a Grande Fome



... O Luaty suspendeu a greve de fome. O Luaty tem um Sol em Escorpião e uma Lua em Virgem. A gente não sabe a quantos graus está a Lua dele, a gente dele só sabe a luta; a gente não sabe a que horas nasceu. Nem Ascendente, nem Lua. Só o Sol, que é em Escorpião, e é dos antes quebrar que torcer.

O Luaty decidiu que se sobreviver ao radicalismo da sua própria ideologia ainda há-de criar a filha de dois anos, que cá ia deixando por casmurrice ou nobreza de ideais (quem saberá, e quem é quem para compreender? apenas para julgar)

e apreciar as outras prendas na sua vida, e deve ter decidido que lutará provavelmente muito melhor vivo, do que morto.



O Luaty decidiu voltar à vida em plena Lua Cheia de Touro ♉ - Escorpião ♏

Sacrificou uma forma de Lu(t)a, teimosa e obstinada, e vingada no cumuer ♉

Mas não os seus princípios e a fidelidade à sua batalha ♏

O Luaty tem um Sol em Escorpião e uma Lua em Virgem, não sabemos em que grau, mas eu desconfio que ao redor de 18.

É que com a Lua natal a 18 de Virgem, e com tanta Vénus, Marte e Júpiter a passar em cima dela, assim, por trânsito nestes dias,

E uma Lua Cheia de Touro Escorpião

Eu quase que aposto

Que o Luaty deve ter reconhecido que no fundo, no fundo,

Está cheio de fome. De dignidade e justiça e liberdade

E deve ter percebido que não é por tomar ele o veneno que os outros morrem.

E decidiu cuidar de si, se sobreviver aos excessos a que submeteu o corpo,

Para poder continuar a sua luta,

E a inspirar-nos,

E a ser um contraponto à prepotência com que os abusadores primitivos modernos se defendem dos seus medos: aniquilando com toda a força qualquer sombra de ameaça (tal o medo paranóide em que vivem, e a culpa, a culpa, topam?, coitados, eu, olha, também antes passar fome do que estar no lugar deles: entre uns e outros, o Luaty ainda está melhor que o Zé Du Santos. Como é possível viver com medo da própria sombra para defender algo que não existe? É uma existência muito ilusória, e muito cansativa: sobrar-lhe-á tempo ou energia para fazer algo de realmente importante?,!)

E uma luz - o Luaty, digo - que iluminou, ao longo do último mês, a cobardia de todos aqueles que, em podendo fazer algo, nada fizeram para ajudar a equilibrar o jogo de forças entre um governo e um único sujeito,
 

e que é no fundo

a história de Urano quadratura a Plutão, nos sete capítulos que têm vindo a ser escritos nos anos mais recentes,

denunciando a luta (nem sempre justa, mas sempre arquetípica, entre o transgressor que rouba o fogo aos deuses - Urano - e os demónios viciosos - Plutão, Pluto ratas, ai que me falta um "c", mas mesmo sem o "c" à mostra dá para perceber o que são os plutões, os actuais donos do mundo,
plutocratas é o que são e o que eu queria dizer, que o destroem, ao transgressor digo - ou tentam, porque Urano vive para sempre: é um arquétipo - tentem lá matar um arquétipo ahahahaha - antes de ele sequer tentar perverter a perversa ordem mundial dominante roubando das elites os privilégios e o fogo 🔥 na tentativa de tornar possível, e comum, a democracia idealizada há milénios na Grécia e ainda não concretizada


- e nem será, enquanto o Homem não for, todo ele, um Luaty

Afinal, a condição humana atinge-se (era Malraux que o dizia?)

Quando o homem está disposto a morrer por aquilo em que acredita - quando acredita mais na Humanidade do que em si próprio, acrescento eu,

E quando tem a sabedoria de reconhecer os seus próprios limites, e perante a evidência de uma estratégia suicida,

Decide mudar de tática,

Ligar o soro,

Meter uma bucha na boca

Para ter energia de continuar a enfiar buchas pelas goelas abaixo

De todos os glutões deste mundo.

... E não falo do Presto. Falo, evidentemente, do não Presta

Que vivas, Luaty. Mas acima de tudo, que vivas em cada um de nós.

E que nunca por esfomeados nos conheçam *

(especialmente numa lua cheia de Touro Escorpião, porque se o desejo geralmente dá merda, numa lua cheia de Touro Escorpião, quanto mais fominha, mais merda vai dar o desejo insaciado)

Saciedade. Saciedade, e a Liberdade de escolher alimentar-nos de formas inteligentes. E nutritivas. Que sustentem a Vida e a Batalha Correcta. Com nutrientes... hummmm... Que a OMS da Alma reconheça como não-cancerígenos. Não,

 Como super-alimentos *

Feliz Lua Cheia, Querid@s Tod@s,

E que a Batalha seja intrépida e bem nutrida *

Enviar um comentário