27 de setembro de 2015

Lua de Sangue (eclipse 27/28 Setembro 2015)

... Eu sei que a próxima lua vem menstruada, de tão vermelha,

que é super — de tão próxima da Terra,

e que é eclipse.

Mas aqui entre nós, que já sobrevivemos a pelo menos uns três ou quatro fins do mundo, várias ondas de ascensão, a tantos mestres e gurus, a muitos  governos ps, psd e cds (e às festas do Avante, e às bichas para a costa da Caparica, e às do Meco),
Este próximo eclipses é para meninos.

Só requer aceitar e reconhecer que o que passou, passou,

Agradecer pela oportunidade de poder viver a partir de um lugar novo dentro de nós próprios,

Compreender que velhos padrões só nos levariam a mais do mesmo, e que graças a deus, mesmo que os quiséssemos prolongar,

Já não conseguiremos.

Implica também o início de uma nova forma de diálogo entre o masculino e a feminina dentro de nós, e por isso mesmo com @s outr@s à nossa volta.

Uma pista: a feminina precisa ser Autêntica e Orgulhosa (i.e., sem vergonha ou narcisismo) e fiel ao seu Coração,

o masculino, industrioso e humilde, diligente e cheio de Boa—Vontade

(não se preocupem; isto, como tudo o resto, mudará outra vez no futuro — parece que já vos estou a ouvir, preocupados com o "e depois?", "mas é para sempre?", "então e...", quando a Vida, se é Vida, é momento a momento)

Foquem—se nisto, para já, que o resto resolve—se por Si, só *

... Só mais uma coisa. Se por um "acaso" fizeste, ou estás a fazer anos, por estes dias, ou tens o Sol, a Lua, e/ou planetas, no teu Mapa, ao redor dos graus 4 dos signos cardeais (Carneiro, Caranguejo, Balança, Capricórnio),

então,

Mind my words:

Life is about to change. Significantly, and for_Ever.

Go right ahead - mesmo que por linhas curvas. Há uma linha que separa... E tu não vais poder continuar em cima do muro, tipo humpty dumpty, tem—te—não—caias *

... e finalmente, a nível colectivo: já pensaste na quantidade de medo que é necessário, para precisarmos de nos focar nas diferenças, e na ilusão de separação de todos os outros, e no quanto essa ilusão reforça esse medo?

Uma chave: Nações Unidas *

Uma porta: o egoísmo. O poder. O controlo. A dominância. A submissão. A ilusão da supremacia e a crença na possibilidade da sua perpetuação.

I mean,

Karma is a bitch. Look at the news.

Um método: o Bom Combate.

... E no que se refere a Portugal: as eleições. Sob Mercúrio retrógrado. Quando penso na consciência individual daqueles que já despertaram e desligaram a televisão: que tremenda oportunidade! E quando penso na inconsciência colectiva: que medo!

(mentira! Está tudo certo porque cada Um tem o que merece e precisa, e o colectivo é Uma soma holística de Uns), e Nós

cá Estamos, e Estaremos, para o que der, e vier *

(nem que seja, das nossas próprias Escolhas) ❤

E pronto. Está dito. E que seja feita a Vossa Vontade, assim na Terra

Como no Céu *

(Lua de Sangue não precisa ser uma de Morte: pode ser uma de Vida. Assim é o sangue. Assim é a menstruação: o sangue da fertilidade. E há muito tempo que já tod@s sabemos que se "fazer" sangue é matar, "dar" sangue é dar Vida. E agora diz—me lá, vais escarafunchar na ferida e fazer mais sangue, ou vais dar de Ti,... Vida?)



Enviar um comentário