2 de maio de 2016

criando s@ciedades

















"Vivemos agora numa nação (NT: eu diria, "mundo")
em que médicos destroem a Saúde,
advogados destroem a Justiça,
universidades destroem o Conhecimento,
governos destroem a Liberdade,
meios de comunicação destroem a Informação,
religiões destroem a Moral,
e os nossos bancos
destroem a Economia."
Chris Hedges (jornalista americano)


... e agora,
 

vamos todos pôr o foco, a intenção e o pensamento
numa sociedade
em que médicos constroem Saúde,
advogados constroem Justiça,
universidades constroem Conhecimento,
governos constroem Liberdade,
meios de comunicação constroem Informação,
religiões constroem Moral,
e os nossos bancos
constroem a Economia?


parece bom demais, né? se calhar é por isso...

porque se calhar, entre os que não acreditam ser possível,
os que põem o foco no negativo,
e os que andam distraídos, demitidos, ou adormecidos

sobram poucos para construir.

dizia o Jung: "se há alguma coisa errada com a sociedade, então há alguma coisa errada com os indivíduos. E se há alguma coisa errada com os indivíduos, então, há alguma coisa errada comigo, porque eu sou um indivíduo."

... não é que haja *alguma coisa* de errado:
é simplesmente que *ele há coisas*
que podiam estar "mais certas";-)

... e já que se calhar médicos medicam
advogados advogam
universidades universam
governos governam
meios de comunicação comunicam
religiões religam
e os bancos bancam


talvez seja possível, já que cada um de nós é criador

criar uma sociedade na qual

os criadores criem
os médicos curem
os advogados advoguem
as universidades multiversem
os governos governem
os meios de comunicação ponham em comum, mas por inteiro (e não apenas por meios)
as religiões religuem
e os bancos não sirvam só para alguns subirem


uma sociedade na qual

os indivíduos se individualizem
se curem
se eduquem
sejam justos
se governem
comuniquem
se religuem
e se banquem


... e talvez assim ficasse menos espaço para reclamar do exterior, que o exterior

nos adoece
nos faz injustiças
nos tenta educar
nos governa
com propaganda
nos desliga,
nos divide

e ainda por cima

nos cobra juros *
Enviar um comentário