4 de dezembro de 2013

Leão - insights astrológicos até 2015



Leão
(signo Solar ou Ascendente)

Nem parece seu, mas o ano de 2014 começou consigo preocupado. Não que você não tenha preocupações como toda a gente; mas porque as disfarça muito bem por debaixo da capa do auto-controlo, da boa-disposição, da magnanimidade, do espalhafato, da capacidade – ou insistência – em ver sempre o lado positivo das coisas, ou por detrás de qualquer outra máscara, consoante o que aprendeu a usar para não assumir, perante o exterior, a natureza real dos traços que lhe carregam o semblante e fazem sentir pesado por dentro.

Por isso este período pode ter começado ser um bocadinho desconfortável, ou pelo menos estranho - na medida em que o deixou exposto perante as suas verdadeiras preocupações; é que na sua crença tonta, “Leão exposto, Leão posto” – como os reis. O que não tem razão de ser; honrar o signo da dignidade, do orgulho e da realeza, procurando estar sempre à altura do que imagina que tem de ser ou mostrar, pode tornar-se uma tarefa muito exigente e ingrata – especialmente no início deste período.

Pode ser, sabe, que tenha mesmo de se preocupar com questões familiares, de saúde e de trabalho, suas e/ou de pessoas que lhe são próximas, e a ter que fazer um extra-esforço para lidar com as responsabilidades diárias, e ainda lidar com o sentimento de que paira uma nuvem negra – temporariamente, como tudo na vida – sobre a sua cabeça, a sua juba, ou a sua coroa de rei ou rainha.

Pelo menos, repito, durante a primeira fase deste período. Depois disso, e se aceitar fazer a sua parte, já poderá voltar a brilhar novamente como é da sua natureza.

É mesmo importante que se dedique às tarefas e responsabilidades que a vida traga – afinal, há já algum tempo que você sabe que tem toda uma vida – uma casa, um lar, uma família, uma base pessoal - para pôr em ordem. A sua reputação, a sua imagem pública e social, e o seu próprio sucesso futuros dependem disso. Às vezes não basta ser “especial” – mesmo que o seja, e mesmo que os outros não o “entendam”, naturalmente, e raras vezes o entendem - para estar intitulado a tratamento diferenciado e deferencial, só com privilégios e deveres nenhuns. E no entanto, se puder desenvolver a humildade, e o prazer de um trabalho bem-feito, o futuro trar-lhe-á recompensas inimagináveis, e um novo ciclo de expansão.

Tem é que fazer o seu trabalho de casa; disso, ninguém o livra. E como ai de quem o contrarie, não se ponha a jeito para ser a vida a fazê-lo baixar a grimpa, a poupa, a juba, ou lá o que é.

Mas não se preocupe com nada disto, nem se ponha a antecipar coisa nenhuma, não dê sequer dê ouvidos ao que não lhe agrada – nada disto existe, nada disto é triste, tudo isto é fado. E se não gostar, ponha para o lado. Mantenha a dignidade e o auto-respeito – mas ocupe-se, e certifique-se, de ser prático, diligente e responsável. Mangas arregaçadas e garras ao trabalho.

Porque a prazo, e o tempo lho mostrará, a sua melhor aposta, agora, é ter uma vida mais afinada, a funcionar como um relógio – como se fosse do signo Virgem, ou assim.

Para o que um rei está guardado... ser o fiel jardineiro do seu próprio jardim real. Para que seja real — autêntico —o seu reinado.

E saiba que no último trimestre de 2015 as circunstâncias mudam significativamente. E muito do "peso" ser—lhe—á tirado de "cima" (ou de "dentro"... de "casa").


Palco do crescimento: a sua capacidade de “baixar a grimpa” e aprender com os outros

O que evitar: encher-se demasiado das suas próprias opiniões

A expansão vem: do seu profissionalismo e dedicação ao trabalho

Do que não pode escapar: de criar alicerces mais sólidos para a sua vida

As principais batalhas do ano: conflitos ideológicos com aqueles que lhe estão perto

Reinvente-se: naquilo que acredita

Confie e entregue ao Alto: porque os outros têm realmente em conta os seus interesses


"Recado" particularmente relevante, à parte as especificidades dos destinos, percursos, escolhas e karmas individuais, e que só o Tema Astrológico revela na sua natureza e timings, para todos aqueles com o Sol ou o Ascendente em Leão. 
Feeback é sempre bem-vindo, para me ajudar a melhorar o que faço e, assim,
a ajudar melhor - no que isto possa ajudar - cada um a viver com mais consciência.

Enviar um comentário